quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Quadros


-->
As montanhas nunca dormem
estão sempre nos olhando
esperando serem reparadas
faz parte da iluminação

Que o sol faz com competência
mesclando suas cores numa leve fusão
Nesse dia, dividindo espaço com a lua
que aparece pra pedir um pouco de atenção

As nuvens passam lentamente
e discutimos com o que se parece
brilhando com formas e cores
no céu predominantemente laranja
que nada tem de mecânica.

Aqui a tarde esbanja...
e arranja um sorriso
de quem reparou naqueles minutos,
surdos e mudos,
daquele horizonte...

que...juntando tudo...dá um quadro,
aqueles quadros gigantes,
que você está no meio dele...
onde alguém pode estar vendo de fora
e contemplando, tal como você,
aquela bela paisagem,

mas em outro plano
que não tem nome...
assim, causa menos problema
pois somos parte de um dilema

mas independente de onde esteja olhando para o quadro animado
que não será o mesmo quadro da onde estou sentado,
tenho a certeza de que também é um espetáculo,
que não me cobram um centavo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário